Como vencer o cansaço mental

Quantas vezes fomos incapazes de criar e ter novas ideias? Surpresos por não conseguir desenvolver um pensamento linear? O cansaço nem sempre é físico, e muitas vezes a fadiga mental nos impede de ir além das atividades rotineiras. Os pensamentos podem ser positivos, criativos, negativos e desnecessários. Uma pessoa saudável, realiza cerca de 50.000  destes pensamentos ao dia, o que se estivermos mentalmente cansados, dificilmente manteremos o foco.

 

O que é foco?

Steve Jobs, sempre nos disponibilizou coisas magníficas, desde a área de tecnologia até citações. No período em que adoeceu, ele escreveu muitos textos interessantes que foram divulgados na mídia. Algumas sobre suas reflexões de vida, e dentre essas citações houve uma sobre nosso tema e que fez muita gente refletir. 

Disse Jobs: – Foco é dizer não.

 

O que são pensamentos ruminantes?

Pensamentos ruminantes, são pensamentos bloqueadores que afetam nosso autoconhecimento. Geralmente estão ligados a pensamentos do passado, gerando incerteza e angústia e esgotando nosso cérebros.

Conflitos internos, dúvidas e falta de adaptabilidade geram em nós inflexibilidade de pensamentos e dificultam nosso enfrentamento aos problemas do dia a dia. 

É importante compreender que flexibilidade mental é aceitar que nem tudo que planejamos vai sair a risca. Imprevistos e dificuldades sempre vão existir, e aceitar esta possibilidade é saber encarar as mudanças de forma mais otimista e com menor frustração, colocando suas chances de entrar em estafa mental bem menores.

 

A sociedade do cansaço

 

“Em um livro de filosofia coreana chamado: Sociedade do Cansaço, publicado no Brasil em 2015 pela editora Vozes, Byung-chul Han aponta como causas de fadiga o excesso de  estímulos e a coerção do próprio indivíduo para com si próprio.Patologias neurais – como depressão, transtorno do déficit de atenção com síndrome de hiperatividade (TDAH), Transtorno de Personalidade Limítrofe (TPL), ou Síndrome de Burnout (SB). Serão as doenças que definirão o século XXI”.

 

O filósofo aponta também que todas estas doenças nascem a partir de uma coisa em comum: O excesso de positividade. Para Han, a sociedade do século XXI não é mais a sociedade disciplinar, mas uma sociedade do desempenho.

 

Como saber se estou com cansaço mental?

  • Falta de controle das emoções

Segundo estudos Maltew Walker, neurocientista do transtorno do sono, um cérebro cansado é 60% mais propenso a reagir de forma descontrolada frente a situações negativas. Então, surtos de raiva, choros descontrolados, frustrações  fazem parte de uma labilidade emocional que levam ao descontrole emocional. 

 

  • Insônia e esgotamento físico

É científico que dormir mal provoca efeitos negativos em todo o corpo, inclusive de forma cognitiva. Estar cansado mentalmente dificulta um sono reparador e de qualidade.

 

  • Falta de concentração

Falta de foco, energia e interesse ficam cada vez mais frequentes, tornando-se inclusive um hábito. Esquecer coisas simples como o nome de uma pessoa ou onde deixou algum objeto acabam sendo rotineiras.

 

  • Falta de energia

A lentidão e inércia acabam tomando conta de nosso corpo. Frequentar uma academia ou começar uma atividade ou projeto  diferente viram em procrastinação.

 

7 formas óbvias de lidar com o cansaço mental

Todas as pessoas estão sujeitas a stress e frustração, e aqui vão 7 formas óbvias de lutar contra esta armadilha.

  1. Dieta saudável e equilibrada
  2. Faça exercícios físicos
  3. Exercite a criatividade
  4. Escreva sobre as coisas que te incomodam realizando perguntas para você mesmo.
  5. Não guarde suas preocupações só para você
  6. Administre tempo de trabalho e lazer no dia a dia
  7. Tenha algum profissional que ajude a cuidar de você, seja no âmbito de saúde emocional ou física. 

 

O caminho é criar uma reflexão e conscientização das medidas que precisamos tomar, para não cairmos nas armadilhas mentais que prejudicam tanto nosso organismo e saúde.

Participe do nosso canal do Telegram e seja o primeiro a ficar por dentro de conteúdos exclusivos: https://t.me/mauropsi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *